Exercício de filosofia

A seguinte apresentação de Alindro Conval foi fornecida por ele mesmo em uma entrevista de emprego em 1998:

– “Olá, eu adoraria ser contratado para a vaga. Entretanto, eu sofri um acidente há 2 anos e fiquei com a seguinte anomalia psíquica: tudo o que eu falo é mentira”.

Quando ocorreu o acidente de Alindro Conval?

Links relacionados:
Crítica – Paradoxos
SEP – Liar Paradox

Anúncios

4 comentários em “Exercício de filosofia

  1. Ele não sofreu acidente, não sofreu acidente, não tem anomalia písica, e óbviamente não quer ser contratado para a vaga.

  2. Isso se torna um argumento inválido pelo princípio da não contradição, uma vez que se mostra paradoxal. Vejamos: se for verdade que tudo o que ele fala é mentira, então: a) ele não deseja ser contratado para o emprego; b) ele não sofreu acidente há dois anos; c) ele não ficou com a anomalia de mentir sobre tudo o que fala.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s