Um estudo científico dos sonhos

Uma proposta de estudar-se cientificamente os sonhos, levando em conta as últimas descobertas em nerociências, ciências cognitivas e ferramentas para a análise quantitativa do conteúdo dos sonhos. Essa é a proposta do livro The scientific study of dreams, escrito por William Domhohh. Minha resenha do livro foi publicada no último número da revista Cognitio-Estudos.

Aproveito o post para mencionar também dois outros trabalhos. Um deles já foi mencionado alguns posts abaixo, mas não explicitamente: trata-se de minha tradução para o português de “Ações, razões e causas“, de Donald Davidson, publicado na revista Crítica, a qual, infelizmente, foi encerrada este ano. Este artigo é um clássico na filosofia da ação e fdefende a tese, muito contestada na sua época, de que a explicação de ações por apelo a razões (crenças, desejos, intenções) é um tipo de explicação causal.

O segundo é uma tradução conjunta com Marco Aurélio, e revisada por André Abath, do artigo “Consciência” (original da Stanford encyclopedia of philosophy e escrito por Robert Van Gulick) publicada na revista Investigação Filosófica. Trata-se de um artigo de referência para quem quer informar-se do estado atual da discussão em torno do fenômeno da consciência em filosofia da mente.

Anúncios

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s