Doutorado sanduíche nos EUA e próximas postagens

Nos próximos dias, embarcarei para os Estados Unidos para passar 9 meses lá como estudante visitante. Meu destino é o Departamento de Filosofia da Florida State University (FSU), em Tallahassee. Com isso em mente, pensei que uma boa maneira de reativar o fluxo de postagens neste blog poderia ser compartilhando aqui relatos e reflexões sobre esse período. A ideia é trazer mensalmente informações e reflexões relevantes para quem também pretende estudar um período no exterior e refletir sobre a formação e a pesquisa em filosofia, aqui e lá.

O edital CAPES/Fulbright:

Minha bolsa é mantida por duas instituições, a CAPES e a Comissão Fulbright. Ela tem adicionais que não estão disponíveis em outras modalidades e que podem interessar a quem vai concorrer a uma bolsa (o processo de inscrição é um pouco mais complicado também). Até o momento, os pontos positivos mais salientes são o valor da bolsa (maior que bolsas do PDSE, por exemplo), a intermediação da Fulbright Brasil na obtenção do visto americano (que tornou o processo todo muito mais suave do que poderia ser), e uma orientação prévia para todo um grupo de bolsistas que estava prestes a embarcar. Essa orientação serviu para tirar dúvidas, destacar aspectos da cultura (acadêmica e não) americana e das diversas possibilidades que podem ser aproveitadas lá.

Escolhendo o destino:

Minha pesquisa, brevemente descrita, busca avaliar o impacto de resultados empíricos (especialmente em psicologia e neurociência) para discussões sobre a liberdade de escolhas e responsabilidade. Meu contato com a literatura sobre o assunto, e informações adquiridas em vários blogs sobre a rotina acadêmica em filosofia nos Estados Unidos (ex. Daily Nous, Philosophers’ Cocoon,  entre outros), acabaram por me levar a conhecer e escolher o departamento de filosofia da FSU como possível destino. O departamento sedia atualmente um projeto que terá duração de quatro anos sobre a Filosofia e a Ciência do Autocontrole, coordenado pelo professor Alfred Mele. Esse mesmo professor havia previamente coordenado um projeto sobre Grandes Questões sobre o Livre-Arbítrio, no qual filósofos e cientistas também estiveram engajados. Em suma, tratava-se de um lugar onde estavam fazendo o tipo de pesquisa que me interessava fazer, e sobre o mesmo assunto. Além disso, havia uma concentração de profesores do próprio departamento com pesquisa na grande área de filosofia da ação.

Primeiras atividades programadas:

Minhas primeiras atividades acadêmicas no exterior serão a participação em uma conferência online, a 2015 Minds Online Conference, em que tive um trabalho aprovado. Também assistirei uma disciplina sobre ação/agência ministrada por Alfred Mele, que também será meu orientador durante o período no exterior. Na próxima postagem, pretendo detalhar mais o desenrolar da Conferência Online (algo de que nunca participei antes) e outros elementos relevantes que surgirão no primeiro mês. Espero que esta e as demais postagens possam ser úteis, e fico à disposição para oferecer mais detalhes de interesse nos comentários.

Anúncios

3 comentários em “Doutorado sanduíche nos EUA e próximas postagens

  1. Bom trabalho por lá Marcelo! Tenho certeza que aprenderás muito e voltarás para nos ensinar ainda mais do que já fazes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s