Por que a filosofia importa?

Um dia desses, uma aluna me perguntou por que a disciplina de filosofia era importante. Ela queria saber, aparentemente por curiosidade genuína, por que era bom que ela e seus colegas estudassem filosofia no contexto de sua formação técnica integrada ao ensino médio. Tendo estudado filosofia por mais de dez anos, esta é uma pergunta…

Donald Davidson sobre a pesquisa e a escrita em filosofia

Tive o prazer de poder dedicar-me integralmente à pesquisa ao longo deste semestre e de poder expor minhas ideias em uma série de ocasiões. Finalizando o ciclo, falarei na próxima semana sobre o valor e sobre como se preparar para uma experiência de pesquisa no exterior. Se pensamos que a experiência em uma universidade estrangeira…

O que é a punição?

Parte do que os seres humanos fazem ao interagirem uns com os outros é reagir ao que os demais fazem. Entre essas reações, algumas delas compõem o que podemos chamar de práticas de responsabilização, as quais podem ser entendidas como respostas ou reações a outras pessoas que levam em conta a avaliação que fazemos da…

O argumento do zigoto a favor do incompatibilismo

Uma das discussões filosóficas mais tradicionais ao longo da história da filosofia tem como pano de fundo a pergunta seguinte: Questão da compatibilidade: Se a tese do determinismo é verdadeira, é possível que as pessoas sejam moralmente responsáveis por seus atos? Outros posts deste blog detalham o que a tese do determinismo diz e o…

O que é a responsabilidade moral?

Ao longo da história da filosofia (incluindo a filosofia produzida atualmente), um tópico recorrente é o da responsabilidade moral. Esse tópico é por vezes investigado juntamente com o tema do livre-arbítrio, com questões sobre a relevância do determinismo para esses assuntos, e também em conexão com os sentimentos e atitudes que manifestamos quando somos gratos…

Quando escrever um artigo de filosofia (e quando não)

Para os que eventualmente se desconfortam com artigos publicados que não têm tese alguma e parecem andar sem rumo algum, ou que gastam horas e horas tentando achar um rumo para o próprio texto, eis uma sugestão que parece útil: Para escrever um artigo, você deve estar preparado para defender uma tese. Se você não…

Quais são os seus problemas?

Aqui estão algumas ideias sobre a pesquisa nas ciências que parecem se aplicar bem também à pesquisa em filosofia: “A maioria dos grandes cientistas conhecem muitos problemas importantes. Eles têm algo entre 10 e 20 problemas importantes para os quais estão procurando um ataque. E quando veem surgir uma ideia nova, ouve-se dizerem: ‘Bem, isso diz respeito a este…

Como estudar filosofia

Gostaria de compartilhar esta valiosa dica do professor Desidério Murcho sobre como estudar filosofia: ..Não basta compreender rigorosamente o pensamento do autor; é também preciso aprender a discuti-lo. Isto significa levantar objecções e contra-exemplos às ideias estudadas. Numa concepção inadequada do ensino espera-se que o aluno seja primeiro capaz de descrever de maneira absolutamente correcta o pensamento…

O problema do livre-arbítrio e do determinismo

Um dos problemas filosóficos clássicos é o chamado problema do livre-arbítrio.  Eis uma apresentação do problema feita por Peter van Inwagen: “O problema do livre-arbítrio, em suas linhas mais gerais, é este. O livre-arbítrio parece incompatível tanto com o determinismo como com o indeterminismo. O livre-arbítrio, portanto, parece impossível. Mas o livre-arbítrio também parece existir….

Verdade

“…Quando não havia distinção clara entre filosofia e ciência, era natural que os filósofos se afirmassem como as pessoas mais aptas a oferecer algo mais próximo da verdade. A concentração na epistemologia, principalmente no momento em que a epistemologia parecia ter sido convocada a fornecer as bases últimas da justificação do conhecimento, encorajou a ideia…